domingo, 11 de maio de 2008



dias tamanhos e manhãs vividas e idas e voltas e escoltas e saltos e vôos sem rumo (de sapatos no chão). e pisos de asfalto em asfaltos de sonhos e vidros vermelhos e espelhos de corpo, de carne e de pão. e verbos e cismas e carões e carismas e correntes e cordas e bordas e centros (entro e não peço perdão). e impulsos de queda e brancas escadas e o sol nas sacadas da minha ilusão. olhos de mira e pedras de muro e mudas de medo e espasmos de midas e amores sem modos e mundos inteiros no meu coração.


(Mário Liz)

5 comentários:

Sayuri :) disse...

"Entre as coisas mais lindas que eu conheci..."
Que lindo Mário vc e seu blogg me cativaram!!!

cristine bartchewsky disse...

Sempre cativam...

Polyana disse...

"(entro e não peço perdão)"


a alma de Mário é linda, porque Mário é soberano dele mesmo; e me cativa nada por aqui ser "pedras de muro"...

Dira disse...

perfeito, como tudo o que vc rabisca no céu.

Alexandra disse...

Por tudo que eu ja li e costumo ler e as coisas que as vezes costumo escrever...
cara, isso aqui fez totalmente meu estilo.
Gostei muito, e vou passar a visitar com frequencia.

Beijos!

Quem sou eu

Minha foto
Pouso Alegre, Minas Gerais -, Brazil
Redator Publicitário e Planejamento Estratégico da Cartoon Publicidade, graduado em Publicidade e Propaganda pela UNIVAS. Bacharel em Direito, graduado pela Faculdade de Direito do Sul de Minas. Roteirista do projeto multimídia E-URBANO1 e E-URBANO2, pela UNIVAS E UNICAMP. Ganhador do concurso nacional de redação de 2006 (MEC E FOLHA DIRIGIDA-RJ), onde superou mais de 37.000 concorrentes. Ganhador do Concurso de Redação da UFSCAR, em 2006. Colaborador da Revista Reuni. Tem publicações na revista científica RUA (UNICAMP) e no LIVRO DIGITAL DE 2011 (UNICAMP).