domingo, 8 de maio de 2011

está decretado: é proibido amar outra pessoa. o amor tem de ser certinho. quadradinho. engaiolado e com cheiro de naftalina. se não for assim... é crime. e o decreto decretou que é hediondo ser feliz. e Ai de quem ousar. línguas cortarão asas: azaléias, as arenas de sonhos vividos. azar de quem se arriscar e riscar com cores quentes o cinza criado. azar de quem não for um criado mudo...

(mário Liz)

7 comentários:

Flora disse...

...e Ai de quem ousar. vai passar os dias mais felizes da vida, amando quem o ama, julgado pela hipocrisia alheia... e eu quero mais é riscar d vermelho esse cinza-criado-mudo.

amo você.

Nay* disse...

asas não aguentam o peso das línguas que pintam desse tom o traje que não lhes cai bem...

Mário Liz disse...

as línguas de trapo querem fazer das minhas asas de poesia, asas de urubu. Mas se assim o fizerem, vou adorar ... os urubus tem um dos mais belos planares da natureza ...

Renata de Aragão Lopes disse...

"o amor tem de ser certinho.
quadradinho.
engaiolado
e com cheiro de naftalina.
se não for assim...
é crime."

Se não for assim,
não será amor.

Beijo,
Doce de Lira

Mário Liz disse...

nay, renata e flora ... amo muito as impressões de vcs por aqui.

Carol disse...

Ah que lindo!! Gostei demais deste! Vou copiar pra mim...

=)

bjus

Azar de quem For um criado mudo...rs

Mário Liz disse...

carol, nós somos criados falantes !

Quem sou eu

Minha foto
Pouso Alegre, Minas Gerais -, Brazil
Redator Publicitário e Planejamento Estratégico da Cartoon Publicidade, graduado em Publicidade e Propaganda pela UNIVAS. Bacharel em Direito, graduado pela Faculdade de Direito do Sul de Minas. Roteirista do projeto multimídia E-URBANO1 e E-URBANO2, pela UNIVAS E UNICAMP. Ganhador do concurso nacional de redação de 2006 (MEC E FOLHA DIRIGIDA-RJ), onde superou mais de 37.000 concorrentes. Ganhador do Concurso de Redação da UFSCAR, em 2006. Colaborador da Revista Reuni. Tem publicações na revista científica RUA (UNICAMP) e no LIVRO DIGITAL DE 2011 (UNICAMP).