terça-feira, 29 de setembro de 2009

para depois que me plantarem ...



para depois que me plantarem...

mário liz

quando eu morrer, deixem um recado no meu orkut, pra todo mundo saber que eu fui um cara legal (ou mais legal do que eu realmente fui). escrevam que *eu fui poeta, sonhei e amei na vida. citem drummond, leminsk, maiakovski, renato russo, byron, goethe, vinícius, chico... e caso eu realmente vá para o inferno, citem raul, paulo coelho e teatro mágico (porque junto comigo irão as boas intenções de vocês).
criem comunidades pra mim, me transformem em um morto pop. compilem meus poemas, mandem minhas frases em recados virtuais, cantem minhas músicas, façam músicas pra mim...
quando completar um ano, cantem parabéns. façam um bolo, assoprem as velas (este texto vale como procuração, assoprem-nas por mim). escrevam minha biografia e escrevam também a minha biografia não-autorizada (ambas já têm o meu aval).
façam um vinho tinto com meu nome, um vinho encorpado... preferencialmente cabernet e façam um menu com meu nome, desde que não seja vegetariano (porque de mato a minha boca já vai estar cheia).
inventem mitos, lendas urbanas. digam que fui um alcoólatra e que me droguei diariamente por 15 anos da minha vida. escrevam em tablóides que fui um boêmio incorrigível, amante dos puteiros, neto da noite, filho da madrugada.
falem dos meus amores, falem de sexo, digam que fui um insaciável e que mulher alguma jamais reclamou de mim. falem do meu membro, digam que era acima da média, deliciosamente fora dos parâmetros... uma peça de inigualável prazer.
encontrem meu sêmen num banco de “dados” e disseminem meu legado nos 4 cantos do mundo. mas se a minha porra estiver cara, me dêem ao menos filhos ideológicos que pensem como eu, que falem como eu e que se portem como eu.
sejam o meu espelho, a minha fragrância e a minha inconstância. sejam e estejam por mim (me imitem, me declamem, me derramem...)

- é, amigo ... dói demais a certeza de saber que um dia seremos esquecidos.


* Incidental, Álvares de Azevedo.

19 comentários:

Fênix e beta disse...

Muuuito bom. Que morra o homem e nasça o mito... Agora sim.

Andréa Balsan disse...

pois é... acho que o maior medo nem é morrer e sim ser esquecido.

ju disse...

bravíssimo, como sempre. mas esse dia há de estar bem longe ainda, meu caro! :) bjs!!

Sally disse...

muito bom! ri horrores

Anônimo disse...

huahauhauhauhaua ri demaiiiss!
adorei, li pra minha mãe e irmã tb!! adoraram!!
parabéns!! Nany

Mayra disse...

Não sei dessa parte de vc ser insaciável, e do seu membro e essas coisas uhsuahsuahasu... mas essa do alcoolatra que se drogou 15anos diariamente não tenho duvidas hahahahaha!!

Mas viu... é por essas e tantas outras que eu admiro vc demais, eu ainda me impreciono com o que vc escreve!
E não sofra antecipadamente, por enquanto é impossivel de esquecer vc, amigo!

Mazinha te ama!

beeijo

Çayuri Haicai disse...

"Voragem, vórtice, vertigem: ego. Farpas e trapos. Quero um solo de guitarra rasgando a madrugada. Te espero aqui onde estou (...)Até a próxima morte, que qualquer nascimento pressagia."

C.F.A (adaptado)

PS .: Amor, você é tipo Matusalém.. vai me aturar por mais 969 anos..rs. Te amo, muito!

Galoeria Blister disse...

ainn chorei = /
ahuahu.. só vc mesmo pra me fazer
chorar uma hora dessas.. com esse
baitaa sol o//

amigo inconfundível ♥

Martinha disse...

Vou mem lembrar disso meu amigo
Bjus

Martinha disse...

Vou mem lembrar disso meu amigo
Bjus

Bruna disse...

Bari, Bario, tenha certetza de que disseminaremos todas as suas palavras! Só essas coisas do seu mebro que não! HAHAHA! Beijos

gaijin dame disse...

graças a asmodeo um texto que não tem essa coisa patética/poética que você insite em celebrar... não terás o eptáfio que tanto deseja... terás no máximo, algumas bostas de pombos sobre teu túmulo... e minha urina sobre teus textos 'lindinhos'... e em menos de um ano, ninguém lembrará de ti... nos encontrmaos no inferno então... me espera na porta

Elisa DI mINAS disse...

"E não sofra antecipadamente, por enquanto é impossivel de esquecer vc, amigo!" Preste bem atenção :POR ENQUANTO! Rss...Essa mazinha é mesmo muito má!
Encantada estou ,Poeta q fala voz de mar e rio, vc ja enraizou em alma da gente, sua alma é eterna e eternos são seus poemas, inesquecivel e imortal é você! Morra em paz, pois acabo de decretar sua imortalidade!

Edna Motta disse...

Estava quase chorando... de repente comecei a rir!!!! ótimoooo

Laís disse...

Vinho Sangue de Mário

Biografia Mário Liz:um Joselito Bêbado Poeta.

CD - Os caminhos de Liz ( esse é bom!) com Ela caminha...bônus remix.


Os melhores poetas nunca morrem: coleção Vagalume -Mário Liz

Comunidade no orkut: Marinho, nunca te vi mas sempre te amei!

Alguns titúlos...rsrs

Como sempre muito bom!!!

Beijos da amiga Lalá

Mário Liz disse...

amigos, abençoada seja nossa efusão de egocentrismos. e, sinceramente, o que é a arte, senão a tenra e clara necessidade de expor a alma ?

eu disse a verdade nesse texto. e duvido muito se alguém, assim como eu, também não sonhe em se tornar um mito.

o esquecimento é a morte da alma... este é o meu grande medo.

andy disse...

é nóis no inferno !!

Ngm vai lembrar do seu membro viu ??

HAUAHAUAHAUAHAUAHAUAHA...

Cristine Bartchewsky disse...

hauhauhauah

"(...)um menu com meu nome, desde que não seja vegetariano (porque de mato a minha boca já vai estar cheia)."

tragicômico!

vou fazer uma camiseta se isso acontecer! =P

Sour Girl disse...

ahh que saco , eu sinceramente não digo mais aqui que és perfeitamente imbecil!
porque tuas palavras são tão cheias de mário....são tao cheias de vida e de morte...e são incontestavel e irritantemente perfeitas hahaahah
vo deixar pra ficar te elogiando de hoje em diante quando esse texto for lido numa festa lembrando da tua fatídica existencia!
vc eh mto foda !

Quem sou eu

Minha foto
Pouso Alegre, Minas Gerais -, Brazil
Redator Publicitário e Planejamento Estratégico da Cartoon Publicidade, graduado em Publicidade e Propaganda pela UNIVAS. Bacharel em Direito, graduado pela Faculdade de Direito do Sul de Minas. Roteirista do projeto multimídia E-URBANO1 e E-URBANO2, pela UNIVAS E UNICAMP. Ganhador do concurso nacional de redação de 2006 (MEC E FOLHA DIRIGIDA-RJ), onde superou mais de 37.000 concorrentes. Ganhador do Concurso de Redação da UFSCAR, em 2006. Colaborador da Revista Reuni. Tem publicações na revista científica RUA (UNICAMP) e no LIVRO DIGITAL DE 2011 (UNICAMP).